Pagina Inicial >> SIMVA – 2B - Instrumento de Medição e Controle de Vazão de Ar

SIMVA – 2B - Instrumento de Medição e Controle de Vazão de Ar

A partir da necessidade de se saber qual a vazão de ar instantânea de cada condicionador para monitoramento e controle e, considerando a inexistência de trechos retos de dutos onde seria possível a instalação de tubos de Pitot, grades de “Wilson” ou anemômetros de fio-quente, desenvolvemos o estudo de um dispositivo onde poderíamos utilizar o próprio bocal de entrada do ventilador como medidor de vazão. O Sistema Brasileiro SIMVA - 2B consiste no fornecimento de uma equação matemática e a instalação de algumas tomadas de pressão em pontos estratégicos do ventilador. A equação matemática fornecida converte o diferencial de pressão entre as tomadas em uma vazão real (em m³/hora ou l/seg.). Através de um transmissor de pressão (modelo Vectus TP1), ou (Transmissor de Vazão TIVA) é possível entregar dados aos controladores, que executam o controle de vazão de ar do ventilador, Fan Coil, ou de uma AHU (Air Handling Unity).

Sistema SIMVA - 2B associado ao transmissor de pressão TP1 ou TIVA, fornece uma qualidade de leitura de vazão muito superior aos sistemas utilizados atualmente (pitots, “grades de Wilson”, e anemômetros de fio quente, na descarga do ventilador), no tocante à exatidão, resolução, repetibilidade e estabilidade das leituras, uma vez que nos sistemas tradicionais o diferencial de pressão (dinâmica / estática) é muito baixo (de 70 a 80 Pa no máximo) e qualquer oscilação deste diferencial refletirá uma grande variação da vazão lida. Com o SIMVA-2B trabalha-se, geralmente, com diferenciais de pressão bem mais altos (de 300 a 3000 Pa), sendo que uma oscilação nestes níveis de pressão representa muito pouca variação da vazão lida.
Graças à qualidade das leituras transmitidas ao controlador que, por sua vez, ajusta os valores de vazão e revalida o comportamento do processo em sua extensão total, é possível manter o trabalho de um sistema de ventilação, ou de um sistema de ar condicionado no seu estado completamente ajustado. Importante é que todas essas vantagens técnicas apresentam o mesmo nível de custo dos sistemas tradicionais utilizados atualmente. O sistema permite a engenheiros e técnicos controlar o volume, o gradiente de pressão, a vazão e a velocidade do ar em movimento no interior de dutos, salas e compartimentos de diversas dimensões, em que ventiladores trabalham para insulflar o ar em todo o sistema.

O SIMVA - 2B é a nova marca no mercado brasileiro. Foi apresentado ao mercado europeu durante exposição de um simulador criado pela Vectus no estande montado na Feira Industrial de Hannover, Alemanha, em abril de 2002, fato que despertou a atenção de visitantes de 38 países, que afluiram para conhecer o aparelho em serviço no local. Foi desenvolvido por uma equipe de engenheiros consultores na área de HVAC (Heating, Ventilation and Air Conditioning) tendo sido patenteado, com o objetivo de oferecer soluções simples e de credibilidade em função dos resultados positivos que o mesmo tem oferecido aos projetistas e profissionais da área de commissioning e validação de processos, em termos de acompanhamento de projetos e de instalação vigiada de sistemas de ar condicionado, circulação de ar em redes extensas de dutos e containers, controle de sala limpa, para obter-se ambientes com alta qualidade, como por exemplo nos Hospitais, Laboratórios Farmacêuticos, Laboratórios de Informática, Industria Alimentícia, Indústria Aeronautica, Aeroespacial , de Telecomunicações, e outros.

• Arquivos para Download:
Demonstração
Conceituação do SIMVA-2B revisão 2
Esquema TIVA
Esquema TP1
Formas de ligação dos TRANSM
SIMVA Estilizado